Como aumentar a vida útil dos pneus de caminhão?


Você sabe mais do que ninguém que os pneus do seu caminhão precisam estar em ótimo estado para que você possa dirigir tranquilo nas estradas. Além disso, cuidar destas peças gera economia e conservação de diversas partes do seu veículo!
Mas, afinal, como prolongar a durabilidade dos pneus? A gente te ajuda com algumas dicas abaixo. Confira!

Faça o alinhamento e o balanceamento


O volante está vibrando? O caminhão puxa muito para algum dos lados? Esses são os dois principais fatores que mostram que o seu veículo precisa de alinhamento e balanceamento. O ideal é que você faça o balanceamento dos pneus a cada começo de uma viagem longa ou a cada 15 mil km.
Um desequilíbrio nos pneus não só leva a um desgaste rápido dos pneus, mas também a danos nos elementos de suspensão. Além disso, o alinhamento incorreto do eixo reduz a vida útil dos pneus em 15 a 30%.

Respeite o limite de carga


<>Todo pneu de caminhão possui a informação sobre o índice de carga máxima na sua lateral. Ela é constituída por algarismos que indicam o limite de peso do pneu. Com a ajuda de uma tabela de índice de carga, você pode determinar a capacidade de carga dos pneus para o respectivo veículo.
Garanta que o seu caminhão não esteja percorrendo com volume de carga acima do permitido. Isso é fundamental para dirigir em segurança e evitar oscilações. O excesso também exige mais do motor e compromete o sistema mecânico.

Invista no rodízio de pneus


Esta é uma recomendação valiosa que você deve seguir. O rodízio dos pneus serve para amenizar a diferença de desgaste e deve ser feito a cada 10 mil km. Quando você faz essa troca, todos eles sofrem o mesmo tipo de influência, evitando que haja possíveis prejuízos para a sua dirigibilidade.
A maneira ideal de realizar o rodízio é trocar os pneus de lugar, sempre do mesmo lado do caminhão. Ou seja, os pneus do lado esquerdo devem ser mantidos nesta posição, assim como os do lado direito.
Nos modelos toco, por exemplo, o revezamento do pneu do eixo dianteiro deve ser feito, a princípio, com a troca de posição. Depois ele deve ser colocado na traseira.


Fique de olho no armazenamento dos pneus

Os pneus não utilizados devem ser armazenados em locais secos e arejados. O contato com combustíveis, solventes e graxa deve ser evitado a todo custo. O ideal é que estes pneus sejam armazenados em paletes de madeira com no máximo 8 unidades empilhadas ou verticalmente de forma unitária.

Pratique boas práticas de direção defensiva


Esta dica fica por conta da maneira que você dirige o seu pesado. Quando você toma posturas mais responsáveis, automaticamente, os pneus são preservados.
Dirigir devagar ajuda a manter a sua segurança e a durabilidade dos pneus. Evite passar por cima de buracos e objetos. Procure não forçar muito o caminhão principalmente em subidas e curvas para não desgastar as peças.


Não se esqueça da calibragem dos pneus

Manter os pneus calibrados é fundamental para o funcionamento do caminhão e redução do combustível. E tem mais: deixar os pneus cheios aumenta sua durabilidade. Por isso, ao menos duas vezes por semana, verifique a calibragem dos pneus.
Como os caminhões rodam muito mais que um veículo de passeio, a temperatura da borracha apresenta muita variação, o que pode causar perda de pressão.

Tente lubrificar o parafuso das rodas


Esta medida contribui para evitar o desgaste natural relacionado às condições em que os pneus são submetidos, como sol, chuva e ressecamentos naturais. Manter as peças lubrificadas contribui para soltar as peças com mais facilidade e agilizar a troca.


Quer saber mais informações e curiosidades sobre pneus? É só Clique aqui e acompanhar o nosso blog.

OUTROS